2.1.07

[...Jerumenha...]

http://mp3.juno.co.uk/MP3/SF207011-02-01-05.mp3
{... no alto de jerumenha... Foi no alto de jerumenha que anoiteceu o primeiro dia do novo ano. O que terá sentido D. Sancho II na conquista desta fortaleza?!... na realidade não sei. Será que tudo aquilo que se vê, tem sempre o mesmo sentido quando se olha?... Deste ponto mais alto, bem em cima de uma torre que o tempo já desconhece... vai ser erguido um novo hotel de charme. Talvez nesse dia, tenha eu tempo para pensar o que ainda se avista dele!... Nesse dia que está para muito breve, afastado de outros tantos dias já ausentes das batalhas que outrora encantavam tantas outras gentes, mas que afinal, ainda hoje despertam presentes discórdias em tudo aquilo que daqui se vê. Se conquistar, depende sempre do modo como se vê... então, tanta outra coisa eu vejo, sem que daqui lhe possa realmente tocar. Que não caia o que desta fortaleza resta e, que tudo aquilo que dela se erga, seja realmente digno do encanto que habita faz tempo neste ainda silêncioso lugar! porque... nem todas as fortalezas precisam de recatar suas velhas memórias em castelos de encantar.}

1 comentário:

Nando disse...

Olá, boa noite.
Visitei ontem este Castelo e a degradação do que vi, é reveladora do desinteresse quer da nossa cultura, mas acima de tudo da nossa história.