7.5.08

[ Os Anjos Também Choram ]

{... na vasta planície do pensamento. entre o céu e a terra. o sono inverte as cores em imagens desiguais. o medo, é memória sombra do que somos. será que os anjos também choram no abraço da vida? nem sei o que seria da vida, sem os anjos da boa memória. acordar do sono é como terminar um quadro. são momentos recortados, invertidos, desaparecidos, surgidos do nada e do tudo. sabes, os anjos também choram! quando acordei na vasta planície do pensamento, entre uma floresta que não pintei, e o vento que não escutei: havia um anjo que corria. corria na esperança de abraçar a sombra da vida. o céu era azul cobalto, e a terra toda ela branca. todos os sonhos são mudos. nunca lhes ouvi qualquer som. mas as imagens, ai as imagens... são todas elas pintadas de cores vivas. naquela planície, já só vejo e não sinto. pega-me na mão e leva-me de novo: ao sono. se eu pudesse lá voltar de novo, aquele anjo deixaria de chorar. pegava-lhe na mão e pintava-lhe a sombra perdida. se lá voltar, perco o medo. já não há céu negro que me faça esquecer as suas lágrimas. leva-me de novo até ele porque amanhã é dia de festejo. faço anos e gostaria de retocar a sombra da vida. por isso, corro à velocidade do vento. não vejo a hora em que a noite tombe. o céu pode ser de qualquer cor... mas, todas as sombras na terra, se unirão numa só. é que a vida vai ser hoje pintada de esperança pela mão de um anjo: o anjo da boa memória.]

6 comentários:

Bandida disse...

vamos arejar o medo. partir a memória em duas e adormecer numa qualquer palavra que nos envolva a cor.


beijo, maria!!

musqueteira disse...

viva bandida... falo eu apenas do dia do meu aniversário! fazer anos... é desejar que o Anjo da Boa Memória nos traga seu Abraço. é querer ficar neste Céu...muitos mais anos;)é gostar de pintar com cores vivas todas as imagens... que por mais que tristes que sejam: são Vida!

isabel disse...

então parabéns, Maria!

um dia feliz. muitos abraços. muitas cores. muita Vida.

um abraço daqui

musqueteira disse...

viva isabel... grata pelo abraço. daqui... desejo-lhe também que hajam muitas cores na sua vida;)
obrigado;)
maria.

legivel disse...

Viva Musqueteira!

... em primeiríssimo lugar os desejos de um dia feliz e que o mesmo se repita por muitos e muitos outros dias idênticos, com muita criatividade e uma paleta recheada de cores fantásticas.

É verdade. A semana passada quando fui à Graça, passei pelos os Anjos que choravam desalmadamente pelo abandono em que se encontra aquela artéria urbana lisboeta...

Sorrisos e um abraço especial pelo dia.

musqueteira disse...

grande legível...como vao a pintura? obrigado pelos votos.
no outro dia também estive eu na Graça... ouvi-os! aos anjos e santos do tipo daquela colina. quantos ás artérias...entupidas e carentes de aspirinas;)