3.2.05

O Debate Decisivo

O fluxo televisivo entra pelas casas...Meus Senhores ao Trabalho.

Abram os catálogos com os programas, elaborem bibliografias, observem como as mãos gesticulam suas forças. Delas teatralmente poderão sair papeis com escritos, frases de campanha e todas de sucesso.

De qualquer modo, não nos façamos esquisitos...isto interessa a todos.

O mais atraente pode ser o mais prometedor desde debate. Que saudades daqueles fatos de veludo, bordados...Hoje, são de fazenda azuis escuros e cinzentos, embelezados por uma gravata que quase sempre os destingue pelas suas cores ou padrões. Há quem as use laranjas, vermelhas ou de padrões com figuras miudinhas para contrastar com as clássicas listradas. São os novos códigos que apresentam para as campanhas em debate. E esgrimam as suas ideias, em tempos iguais de dois minutos e meio, ligados a um sistema electrico, tal como nos tapetes olimpicos da Esgrima. Mas, na Esgrima os fatos são brancos e não se vêm os rostos, as armas são exactamente iguais e a pontuação surge de imediato no ecrã electrónico onde apenas vence, o melhor!

O "Touché", entra em execução apartir deste momento. Os comentários, críticas, sugestões e contestações ficam para depois, como se faz entre as pessoas de cultura.

Um clássico com dignidade, espero bem.

4 comentários:

Yardbird disse...

Esperemos que não saiam à espadeirada, M.:-)

musqueteira disse...

Na realidade o sistema electrico avariou, logo no ínicio, do Debate.
Se fosse num tapete de esgrima, terminava logo alí!
Isto de competir com regras "Clássicas", tem o que se lhe diga!...
Nínguem entendeu nada, nem como contavam os tempos.
E lá foram eles.
Abriam as luzes, alternadamente e...falavam sós.
Fez-me lembrar o filme do CYRANO DE BERGERAC, onde também ele não podia esgrimar em certos sitios...
O CYRANO ficou na história.
O "Touché" só entra em execusão, apartir de agora.
;) Yardbird, ainda bem que não houve a degolada.

Isabel Magalhães disse...

Estou preocupada com o meu País!

*** I.

musqueteira disse...

IM,
Deviamos estar mesmo...Pena que ninguem ligue mesmo nada quando nos chamam para decidir.
;))saudações das nossas